Il vecchio xHamster
This is a print version of story Dando no Carnaval Para 3 Pauzudos by Mylla_Dynnis from xHamster.com

Dando no Carnaval Para 3 Pauzudos

No carnaval do ano passado em um grande bloco na região da Bela Vista, fui beijada por um rapaz maravilhoso que logo me convidou para ir ao apê dele que ficava ali perto, claro que aceitei o convite. Quando estávamos chegando no prédio onde ele morava ele me perguntou se não haveria problema em chamar mais 2 amigos para nossa festinha. Mais uma vez não me fiz de rogada e concordei.
Quando chegamos ao apê dele, fomos logo nos pegando, enquanto nos beijamos intensamente, íamos nos desvencilhando de nossas roupas e ele logo foi sugando meus seios e apalpando minha bundinha, enquanto eu já punhetava sua geba enorme, com uma chapeleta vermelha e brilhante.
Instintivamente já cai de joelhos e pedi para mamar aquela maravilha, que ele logo foi enfiando na minha boca.
Confesso que a tora era realmente enorme e no começo tive dificuldades para engolir toda, mas não me fiz de difícil e comecei um boquete bem babado, empurrando a geba pela garganta abaixo.
Enquanto me dedicava com afinco aquele boquete, eis que toca a campainha e ele foi atender.
Eram os outros 2 amigos, todos lindos, bem cuidados e malhados, o que me deixou ainda mais desejosa.
Ele rapidamente me apresentou os amigos e disse que já havíamos iniciado as brincadeiras, mostrando o pau todo melado com a minha baba.
Os outros 2 amigos logo tiraram suas roupas e eu quase desfaleci quando vi o quanto realmente eram belos, mais o que mais me chamou a atenção foi conferir que também eram muito bem dotados.
O rapaz que estava comigo primeiro disse que iria arrombar meu rabinho enquanto eu poderia mamar os seus outros colegas e claro, depois iriam se revezar entre a minha boca gulosa e meu rabinho delicioso.
Ajudei ele a colocar a camisinha e nesse instante um dos rapazes começou a lamber e chupar meu cuzinho de uma forma maravilhosa, deixando-o bem babado e piscando de vontade de levar pica.
Ele então se afastou, o outro rapaz, que estava com a camisinha me colocou de bruços no sofá e disse:
Agora putinha prepare-se para levar minha geba enorme nesse cuzinho branco e apertadinho que vou fazer questão de arrombar primeiro, para depois os meus colegas também se fartarem.
Senti a chapeleta enorme daquele caralho fazendo pressão no meu buraquinho todo melado e babado e fui forçando levemente a entrada.
Senti quando a cabeçorra toda entrou no meu canal e depois fui cedendo cada centímetro do meu rabinho àquela geba monstruosa.
Não demorou muito, depois de gemer bastante, que ele já socava aquele mastro inteiro no meu rabinho.
Nesse momento enquanto era enrabada deliciosamente, comecei o boquete nas outras picas que os rapazes me ofereciam.
Enquanto mamava deliciosamente cada um dos caralhos, levava socadas frenéticas até o estômago daquele macho vigoroso.
Depois de algum tempo mamando duas picas e sendo socada por outra, o macho socador disse que iria gozar e pediu para um dos rapazes substituí-lo na enrabada, pois ele queria me dar o leitinho que estava armazenado e prestes a derramar em sua mamadeira.
Rapidamente as posições se inverteram e o outro rapaz devidamente encapado já metia com vontade a rola no meu cuzinho devidamente laceado pelo amigo.
Enquanto isso, me era oferecida uma pica prestes a explodir em gozo para reiniciar uma mamada, na qual cai de boca feito uma desesperada.
Depois de muitas lambidas, engasgadas engolidas, revezando o rapaz disse que estava pronto para jorrar o leitinho e disse:
Piranha vagabunda, agora vou despejar todo meu leitinho na sua boca, enquanto você vai continuar sendo enrabada pelo meu amigo e continua a punhetar o outro.
Nesse momento, profissional que sou, me preparei para levar as gorfadas de porra na boca e não demorou para sentir os primeiros e fartos jatos de leitinho quente e fresco que saiam daquela mamadeira.
Confesso que foram tantos jatos de mel na minha boca e garganta que quase engasgueis, mas novamente mostrei meu profissionalismo e fui engolindo todo aquele néctar delicioso.
Nesse momento o outro rapaz disse que também estava pronto para me amamentar e tirou o cacete do meu rabo e logo foi enfiando em minha boca sedenta.
Não demorou muito e novamente tive minha garganta invadida por uma grande quantidade daquela bebida láctea deliciosa, que não desperdicei uma só gota.
O outro rapaz que ainda não havia me comido, disse que queria que eu cavalgasse sua geba, enquanto eu poderia continuar punhetando e chupando seus amigos.
Ele se sentou no sofá e pediu para eu me sentar de costas. Sua geba era enorme e muito cabeçuda, mas meu rabinho estava largo e bem frouxo depois de levar dois belos cacetes, que não tive muito trabalho em ir sentando e engolindo rapidamente ele todo.
Quando senti os pentelhos dele batendo no meu rabo, ele pediu para me levantar um pouco, a fim de começar a socar com força seu bate estaca de cima para baixo.
Nesse momento, estrategicamente, os seus outros dois amigos se posicionaram à minha frente e colocaram seus lindos cacetes a minha disposição.
Enquanto mamava e punhetava os dois, recebia bombadas vigorosas daquela pica monstro no meu cuzinho.
Não demorou muito e o macho que me empalava por baixo disse que também iria gozar e claro, também anunciou que queria despejar a sua porra na minha boca.
Os outros rapazes então deram licença, ele sacou a geba do meu cú, se levantou, pediu para eu sentar e foi a minha frente oferendo aquele mastro duro feito aço para eu me deleitar.
Novamente mostrei o quanto era experiente e comecei uma chupeta que o levou ao delírio e não demorou muito para ele anunciar que estava na hora da putinha tomar mais leite diretamente do touro.
Enquantoem cada uma das mãos tinha uma pica dos outros amigos, meu macho leitador disse que não aguentava mais e pediu para me preparar para sugar todo seu creme.
As gorfadas saíram fortes e abundantes e novamente invadiram minha boca e garganta. Parecia que a cada leitada que levava, o sabor da porra ia se tornando ainda melhor, e acabei me deliciando por completo naquela mamadeira enorme.
Terminei de sugar a última gosta, deixando a pica bem limpinha e imaginando que todos já haviam se satisfeitos com meus carinhos, quando para minha surpresa eles foram falando:
Sua puta vadia, você só tirou parte de nosso leitinho até agora, vamos fazer mais várias rodadas no seu rabo e boca, até você esvaziar por completo nosso reservatório de porra e desejos.
Nem preciso falar que a festinha particular se estendeu depois por várias horas, com as picas se revezando na minha boca e cuzinho, onde fui devorada por completo em todas as posições possíveis e imagináveis.
Me fartei com aquelas gebas maravilhosas e tinha meu rabo todo arregaçado e meu estômago todo cheio de porra, quando ao final demos por completo nossa entrega pelo prazer.
Já era tarde da noite quando terminamos e eu já nem tinha mais forças e pregas no cú para retornar ao bloco de carnaval e decidi que por aquele já bastava e tinha que retomar forças para me divertir e satisfazer mais machos no dia seguinte.
E foi o que realmente aconteceu no outro dia, em um outro bloco de carnaval, dessa vez na região da Vila Mariana, mas essa é uma outra história que deixo para contar outro dia.
Story URL: https://it.xhamster.com/stories/dando-no-carnaval-para-3-pauzudos-752506
Commenti 1
Per favore o registrati per pubblicare commenti
Passa seu zap delicia ou me chama 77991815037
6 mesi fa
Rispondi