Il vecchio xHamster
This is a print version of story UM AMIGO ESPECIAL by umcasal from xHamster.com

UM AMIGO ESPECIAL

A Maria ainda nervosa, ainda um pouco vestida, mas já submissa, de joelhos, exibindo os seus atributos, sabendo o que vai acontecer, sabendo ao que se vai entregar. Tu já todo nu, à vontade, a olhares com satisfação para as coxas dela, para o traseiro todo espetado para ti, perfumado e bonito que logo ficará inteiramente oferecido. Com um único e vigoroso puxão contra o reduzido biquíni vermelho, retiras-lhe a transparente, curta e fina camisa. Vais beijar-lhe o pescoço longo e nu e a nuca macia, mordiscar-lhe as orelhas, retirar-lhe os seios da outra peça de roupa a ser arrancada, torcer-lhe habilidosamente os mamilos em várias direcções, para depois a penetrares sem pressa, escolhendo o melhor ângulo e o melhor momento. Ela a gemer escandalosamente, a amarrotar lençóis e fronhas e a rebolar pedindo mais. Ela com o corpo dela sempre á tua inteira mercê e a fazeres com que suplique pelo teu membro petrificado. Mais uma volta e mais uma posição e continuas a fustigar-lhe o sexo. É uma tempestade sexual que se abateu sobre ela. Vejo-a de quatro, deitada de lado, de pé, ao teu colo, encostada à parede, sentada no aparador, debruçada na janela, por cima de ti, por baixo de ti. Ela treme. Ela soluça. Ela implora pelo orgasmo que propositadamente teimas em não lho dares. Ela ajoelha-se, suga-te até fazer desaparecer o guerreiro no interior daquela boca escaldante. Não suportas mais toda aquela tensão, e a ti, macho faminto, só resta retardares o gozo enquanto puderes e depois ejaculares bem fundo nas suas entranhas, sentindo-te naquele momento o homem mais poderoso da Terra. Vejo-te em cima dela urrando de prazer, contorcionando-te de prazer e beijando-a longa e demoradamente. Lentamente sais de cima dela, vejo aquela fenda outrora muito estreita, agora mais aberta que nunca, mais vermelha que sempre e uma torrente de esperma escorre por ela abaixo. Ela esfrega-se com aquele néctar e chama-me para perto de si. Estou extasiado com tudo aquilo e tremo de excitação. Puxa-me para si, beija-me sem mais uma palavra e, num ápice, estou dentro dela. Segreda-me que adora que a penetre encharcada de ti. Fora de mim, desfaço-me num imenso espasmo que me conduz ao orgasmo que anseava desde o início. Tu, já muito duro de me veres possuí-la arfando cada vez mais de tanto desejo, empurras-me para o lado, tomas o meu lugar e enterras-lhe o teu vigoroso membro naquela gruta agora alagada por nós. Foi o golpe de misericórdia para ela. Gritou, esperneou, gemeu com rouquidão e, finalmente sentiu-se invadida por uma sucessão de orgasmos intensos e arrebatadores que a deixaram sem forças mas muito feliz, como podíamos conferir pelo tamanho do seu sorriso.

Após um banho reconfortante, uma bebida para relaxar e a visualização de fotografias, tudo pronto para uma segunda rodada. Numa ocasião assim, não pode faltar o sexo anal. A minha mulher deitada de lado, com uma perna esticada e a outra ligeiramente encolhida. Tu, já em posição de sentido, a usares o indicador para introduzir o gel, quem sabe até o creme de cabelo ou uma outra substância gordurosa para abrir o caminho. Vejo-te explorando milímetro a milímetro o delicioso túnel, enquanto a olhas de boca entreaberta, contemplas a sua expressão de falso desespero e os seus olhos cerrados. Entras devagar mas tão fundo quanto possível, podendo sentir a pressão do anel estreito sobre a base do teu membro viril. Ela gemeu quando sentiu toda a pressão do teu falo dentro dela. Ela sabia para onde estava a ser guiada. Já o seu corpo vibrava com o teu pénis empurrando para dentro e para fora daquela estreita passagem, preenchendo as suas entranhas como nunca. Ela sentiu que se encaixavam na perfeição e não o deteve. Algumas dezenas de estocadas depois, cada vez mais rápidas, surpreendo-me por vê-la completamente entregue aquela variante de sexo, observando-lhe esgares de prazer, e expressões de completo deleite num cenário tórrido de sexo anal, cena que não a imaginava pois aquilo era muito bom. Certo é que ela pedia insistentemente que lhe comesses o cu todo e que to dava sempre que o quisesses. Ela perdeu todo o pensamento racional. Na verdade nunca tinha aparecido alguém que a seduzisse até ao ponto de total entrega e submissão e que lhe proporcionasse prazer com isso. Eu que ia registando todo o decorrer daquele encontro, larguei tudo e juntei-me a eles. Ela estava sentada em cima de ti. Eu não vislumbrava o teu pénis. Ela enterrada em ti fizera-o desaparecer por completo e gozava em movimentos circulatórios enquanto chupava a minha erecção. Naquele ambiente escaldante fizeste com se pusesse de quatro e agora penetravas-lhe a entrada traseira vigorosamente enquanto eu me enfiava até ao fundo da sua garganta. O inevitável aconteceu. Não suportei mais o calor vulcânico da cavidade oral dela, estiquei-me todo e ela não permitiu que derramasse uma gota do meu prazer. Senti que a empurravas e nova ejaculação tua dentro dela, desta feita numa outra morada. Ela não te larga dizendo que era óptima aquela sensação de estar cheia por trás e sentir aquele líquido quente e espesso. Incrédulo no que acabava de ouvir e meio atordoado, só instantes depois dei conta das tuas mãos que lhe penetravam a vagina escarlate e lhe esfregavam os lábios já de cor rubi, descomunalmente inchados, e da tua língua dentro dela que a faziam dizer que sim, que se vinha para ti.

Ele volta brevemente, é lógico e, certamente, vai-lhe realizar as fantasias que a preenchem e a que a fazem viver momentos únicos Ela espera-o, com mais certeza ainda. Gosta das surpresas que ele lhe faz e do impacto que lhe causam. Sente-se segura com ele e aprecia a gentileza e carinho no contacto físico e no sexo com ele. A cumplicidade é mais que muita. Eu permito-o e viabilizo tudo. Na próxima fico oculto atrás das cortinas, dentro do armário, ou em frente à câmara escondida, ou até talvez me ausente e deixe tudo por conta deles.
Story URL: https://it.xhamster.com/stories/um-amigo-especial-746236
Commenti 11
Per favore o registrati per pubblicare commenti
bela narrativa.... cativante e excitante.
2 mesi fa
Rispondi
bem , fui imaginando à medida que ia lendo, espero poder vir a lêr mais contos.
2 mesi fa
Rispondi
a bigunforhire: Maus? ...e se formos .... é uma maldade boa!
a umcasal: sabes bem que sim,ainda gozam aqui com o preto?voces sao maus pra mim!....lol
a bigunforhire: Ainda bem que te deixamos assim.
a tav100: Gostamos de cativar as pessoas com os relatos das nossas vivências.
escrita cativante! parabens
7 mesi fa
Rispondi
Gostei, está muito bem escrito
7 mesi fa
Rispondi